Post 630 – Tio Chico Informa nº 239 – Fila PURO do CAFIB é o Fila original, tradicional e autêntico de sempre !!! – Homogeneidade e Raça = sinônimo de CAFIB !!! – Data: 29/03/19

Tio Chico Informa nº 239

Fila PURO do CAFIB é o Fila original, tradicional e autêntico de sempre !!!

Homogeneidade e Raça = sinônimo de CAFIB  !!!

 

Amigos e amigas do CAFIB e do Fila Brasileiro (FB),

Vejam logo abaixo dezenas de fotos do acervo do Tio Chico, assim como, mais abaixo,  fotos do acervo  do CAFIB com milhares de fotos de Filas Brasileiro criados e registrados no CAFIB, fruto de 41 anos de sério trabalho realizado com dedicação, conhecimento técnico e histórico, além de seleção, controle e aprimoramento comprovado na teoria e, principalmente, na prática. Longe de novas invenções, novas teses, novos tipos e novos modelos de carros, digo, de cachorros, que de quando em quando se apresentam sempre temperados com muito marketing e longas conversas… E, desta vez, até mesmo com a ajuda de profissionais adestradores !!!

Todas as fotos que apresentarei neste artigo são de exemplares que foram Aprovados nos últimos 41 anos em nossas 300 Análises de Fenótipo e Temperamento (AFT) e participaram de nossas Expos, realizadas não só no Brasil como também no Uruguai, Argentina, Venezuela, Espanha, USA, Alemanha, Itália, Bélgica, República Tcheca e Polônia, e todos possuem a qualificação Regular, Bom, Muito Bom e Ótimo. Lembro que como a AFT é um procedimento muito mais simples do que a organização de uma Expo-CAFIB, cuja próxima será a de número 109 em Itanhandu, MG, no próximo dia 7/04/19, pois demanda infraestrutura, patrocínio, prêmios, deslocamento da Secretaria do CAFIB e de juízes, etc muitas AFT foram realizadas de forma simples mas igualmente eficaz em cidades, bairros e fazendas com poucos criadores.

FOTOS DO ACERVO DO TIO CHICO

Estas fotos fazem parte do meu acervo particular e encontram-se no meu site http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/ . Aproveitamos este momento para mostrar aos mais jovens muitos eventos realizados, principalmente pela CAFIB-Rio e as repercussões das Expos do CAFIB na imprensa que tanto nos ajudou a combater a mestiçagem.

Não se preocupem em analisar a qualidade dos FBs nas fotos postadas neste artigo. Como exaustivamente já comentado diversas vezes no passado, muitos FBs são apenas de qualidade Regular e Bom. Como ocorre em qualquer raça animal criada e controlada pelo homem. O que importa é que  SEJAM VERDADEIROS FILAS BRASILERIOS E NÃO MESTIÇOS COM PEDIRGEE DE FILA emitidos pelo lucrativo cartório do BKC-CBKC e com o selo de aprovação internacional auferido pela FCI. Mas, como se sabe, só deveria ser emitido pedigrees para cães de raça pura…  Logo, muito melhor possuir um FB de qualidade Regular do que um “fila-mestiço” premiado… Além disto, o momento é de também agradecer as centenas de cafibeanos que deram sua enorme contribuição a fim de resgatarem o FB da extinção e aos jornalistas por terem divulgado esta nossa campanha.

1 – 1979, Essen – Alemanha. Christofer Habig, juiz e ex-vice-presidente da FCI e editor da revista Molosser Magazine, Chico Peltier, criador Rolf Wilkes e Andador d`Alma Vedro

2 – 1983, Expo CAFIB, Campinas, SP. Ao centro o inesquecível Dr. Paulo Santos Cruz e a direita o juiz e diretor do CAFIB nosso querido Pedro Borott

3 – Expo CMCFB + CAFIB, Belo Horizonte, MG. Importante criador mineiro Willian Frederich Chalmers na pista expondo com filhote                 

F1

4 – 1984, Expo CAFIB-Rio. Criador Hamilton Alves Pereira, proprietário do tradicional Canil Aquenta Sol

51986, Expo CAFIB-Rio. Criador Antonio Alves Freire

6 – 1986, Expo CAFIB-Rio.  Criador Vicêncio Lomba Lima

7 – 1984, Expo CAFIB-Rio. Criador Evandro Ballesteros

F4

8 – 1986, Expo CAFIB-Rio. Elegância inglesa até com guarda-chuva na pista…

9 – 1984, Expo CAFIB-Rio. Ex-presidente do CAFIB Antonio Silva Lima

10 – 1988, Expo CAFIB-Rio.  Criador Augusto e Marilia Canizz

11 – 1988, Expo CAFIB-Rio. Rita e Clara Peltier

F8

12 – 1988, Expo CAFIB-Rio. Jornalista Antonio Carvalho Mendes do Estado de São Paulo entrega troféu ao criador Iliano Pinto Ribeiro, proprietário do Canil Engenho Velho, MG

13 – 1988, Expo CAFIB-Rio: Jornal o Globo – Coluna do saudoso e querido amigo Ibrahim Sued

14 – 1988, Expo CAFIB-Guará, SP. In memoriam, os inesquecíveis Sebastião Monteiro  e Dr. Paulo Santos Cruz

F12

 15 – 1989, Expo CAFIB-Rio: Jornal Estado de São Paulo – Coluna Antonio Carvalho Mendes –

16 – 1989, Expo CAFIB-Rio. Professor, Juiz, Diretor, Palestrante e Âncora da TV CAFIB, o insubstituível Jonas Tadeu Iacovantuono hoje no CAFIB-Suécia…

17 – 1989, Expo CAFIB-Rio: Jornal o Globo – Coluna de Ibrahim Sued

18 – 1989, Expo CAFIB-Rio: Jornal o Globo – Coluna de Ibrahim Sued e do saudoso e também insubstituível Ricardo Boechat

F15

19 – 1989, Expo CAFIB-Rio: Trofeu Melhor Temperamento – Homenagem ao saudoso e querido amigo Ibrahim Sued

20 – 1990, Expo CAFIB-Rio: Mais uma grande  conquista do criador mineiro do CAFIB Paulo Angotti, proprietário do Canil Ibituruna, sem dúvida  o mais  importante criador de FB de Governador Valadares e um dos maiores de todos os tempos da nossa querida MG e do Brasil. Paulo foi eleito Criador do Ano do CAFIB em 1.989, 1,990, 1.991 e 1.994. Óscar do Ibituruna, de sua criação, foi Campeão Brasileiro de 1.989. Fábula do Ibituruna foi Campeã Brasileira em 1.986 e 1.989. Fada do Ibituruna foi Campeã Brasileira de 1.990. E em 1.989 em Paulo conseguiu ganhar todos os Campeonatos  Brasileiros, da época, como Criador do Ano, Expositor do Ano, Campeão com Óscar e Campeã com Fábula. Sempre com a inestimável ajuda de Adirceu Ribeiro Pinto, até hoje na criação.

21 – 1992, Expo CAFIB-USA, Pensilvânia. Chico Peltier, Américo Cardoso, Luiz Maciel, Bethy Cepil ex-juiza do CAFIB-USA e Frank e Pearl DeRider fundadores do CAFIB-USA

F19

22 – 1998, Expo CAFIB Valença, RJ. Quinzinho com  Pilar da Boa Sorte.

23 – 2008 – Chico Peltier e Paulo Godinho, em casa, mas homenageado na expo CAFIB deste ano em Guaratinguetá, SP.

24 – 17/08/08 – 79ª Expo Nacional do CAFIB em Quatis, RJ – Um dos dias mais felizes de minha vida… Por que ? Tá no site… Half Marassi, Airton Campbell, Tio Chico e Américo Cardoso

 

F22

CONCLUSÕES:

A – O que muitos não conseguem entender – ou fingem não conseguir e, então, passam a se iludir e a terceiros — é que o CAFIB, com a colaboração do Dr. Paulo Santos Cruz e dos seus fundadores, principalmente Airton Campbell, Américo Cardoso, Roberto e Marilia Maruyama e Luiz Maciel, criou em 1978 um rígido Padrão ideal de Fila Puro. O qual, era difícil de ser atingido, devido a existência de uma década de mestiçagem institucional e sistêmica apoiada inacreditavelmente pelo BKC e CBKC, clubes estes que apenas visavam no FB aumentar seu faturamento e lucro, assim como por criadores que acreditavam na eficácia deste crime ecológico sem controle e seleção, que se utilizava apenas da falsificação de pedigrees o que, estupidamente, miscigenou o fenótipo e o temperamento de grande parte do plantel de Fila Brasileiro no mundo.

Este Padrão ideal era, portanto, muito difícil de ser atingido e resgatado de imediato naquela época.  Além disto, os FBs das décadas de 1950 e 60, conforme comentou recentemente numa de nossas reuniões o criador Gerson Junqueira , proprietário do Canil Itanhandu,  “…eram criados geralmente soltos nas propriedades rurais, alimentados basicamente com leite e angu; quando não caçavam uma porção do seu próprio alimento, como me relatou o Dr. Paulo, repetindo o que ele ouvia dos próprios fazendeiros que ele visitava pelo interior do Brasil naquelas décadas.

Principalmente a partir dos anos 70 e 80 os criadores de FB deixaram de ser os somente fazendeiros lidando com o gado e a agricultura no interior, e passaram a ser  criadores de fato de FB, passando a frequentar exposições caninas do KCP e BKC, exigindo que seus cães possuíssem pedigrees, os quais passaram a investir na sua criação, muitas delas localizadas nas cidades, priorizando o Fila-Guarda. Ou seja, como adiciona ainda Gerson Junqueira: “…mantendo os animais em canis, com correto acompanhamento médico-veterinário, alimentando-os com ração de qualidade e suplementos e nutrientes vitamínicos, devidamente vermifugados e vacinado. Ou seja, algo impensável naquelas décadas”.

Observem que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também mostra esta tendência secular nos brasileiros que deve ser considerada: o aumento da altura é um aprimoramento genético, como se fosse uma evolução.

Neste mesmo Instituto, na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), um levantamento de 2002-2003 apontou que homens de 19 anos tinham uma altura mediana de 1,69m, enquanto que em 2008-2009 ela aumentou para 1,72m. Entre as mulheres da mesma idade, a curva se mantém crescente: a média no período anterior era de 1,60m e, na mais recente, de 1,61m. Embora o IBGE, assim como o Exército tenham metodologias diferentes, ambos apontam sempre para o crescimento na altura e o fortalecimento da população.

A principal causa, segundo especialistas, é que o brasileiro tem aprimorado sua alimentação, e isto ocorre devido às melhorias de condições socioeconômicas ao longo das décadas. De acordo com a Faculdade de Medicina e Pediatria Endocrinológica da UERJ, a altura é considerada o melhor indicador econômico e de saúde de uma população, mais até do que o Produto Interno Bruto (PIB).

O brasileiro, assim como o Fila Brasileiro, criado antigamente na maioria das fazendas, se alimentava mal e não dispunha de atendimento veterinário. Encontrávamos há 20 anos cerca de 30% de desnutrição crônica no brasileiro. Em geral, a população realmente aprimorou sua parte nutricional e médica. Existe ainda uma tendência de aumento da altura por diminuição das infecções, das doenças, da melhoria da higiene, dos tratamentos e das vacinas. E isto se reflete na criação animal realizada com seriedade.

Acrescento ainda que o Exército Brasileiro acompanha o perfil de seus recrutas desde a década de 1980, quando a altura média era de 1,67m e o número do calçado, 40. Em 2011, a altura média atingiu 1,74m e o calçado, 41 !!!

Além disto, a Ciência do Esporte explica facilmente que um modo mais saldável de vida acompanhado de alimentação científica e balanceada proporciona um desenvolvimento físico melhor, mais apto e funcional. Basta estudar o “crescimento” e aprimoramento no físico de alguns dos maiores jogadores basquete e vôlei em qualquer Liga do Mundo.

Mas se voce ainda discorda do Tio Chico, das estatísticas do IBGE, da UERJ, do Exército Brasileiro e das estatísticas esportivas mundiais e acha que o FB deve diminuir de tamanho e se parecer mais com um Fila- Pointer, ok, continue teimoso, mas pelo menos ligue a tevê e assista sentadinho no seu sofá preguiçosamente a evolução do “fenótipo” dos jogadores americanos de basquete na NBA ou da Liga Mundial de Voleibol.

Então, pergunto: por que o Fila Brasileiro tem que contrariar todos estes fatos e regras óbvias e… DIMINUIR de tamanho, se parecendo mais com um Pointer ? Apenas por que meia dúzia de criadores incapazes não conseguem criar o FILA PURO, do tamanho e fenótipo correto ? Ora, que criem então o Mini-Fila, o Fila-Pet ou o Fila-Toy e parem de caluniar e denigrir o CAFIB  e, principalmente, difamar o Fila Brasileiro PURO de sempre, como se não fosse ORIGINAL, tradicional e autêntico !!! E contra argumentem respeitosamente com contra argumentos claros sem caluniar o CAFIB nem nossos membros, já que jamais responderam minhas 10 simples perguntas formuladas em janeiro passado…

Mas se voce deseja um novo modelo de carro, digo, de “fila” pequeno, frágil, de cabeça triangular e sem esta que é uma das mais elementares características da Família dos Molossóides, bem ai, voce já sabe para onde se mudar… E, por favor, se desapegue do CAFIB, do Dr. Paulo e deixe o FB em paz… Afinal já sofremos muito com a mestiçagem, os “filas-pretos” e os “filas-aberração”… Não precisamos de “mini-filas-aberração”…

Assim, 41 anos atrás, o CAFIB iniciou seu trabalho de resgate predominantemente com Filas de qualidade apenas Regular. Mas que eram realmente FBs, isto é, não eram “filas-mestiços” !!! Mas também com FBs de ótima tipicidade que eram usados nesta recuperação racial.

E não ser  “fila-mestiço”, por si só já era um grande conquista, pois o Brasil foi inundado nos anos 70 e 80 por um enorme e imaginável modismo de idolatração ao “fila-mestiço”, mais tarde reconhecido e apelidado pejorativamente de “fila-aberração”  e que, inacreditavelmente, fez com que BKC, CBKC e FCI registrassem no Brasil generosamente e com cumplicidade em 1975, 1.000 cães, em 1976, 1.500 cães e em 1977, 3.000 cães, todos como se Filas Puros fossem… Em 1982 este número chegou a 8.000 cachorros. De 1977 até 1.982 o Fila Brasileiro foi a “raça” (???!!!) que mais registrou filhotes no BKC/CBKC/FCI (Brasil) ficando em segundo lugar até 1.985. A partir deste ano os registros diminuíram, mas permaneceu sempre entre as 10 “raças” (???!!!) que mais registravam filhotes  até 1996. E como tudo que vira moda…

Enquanto a mestiçagem grassava no plantel do BKC-CBKC-FCI, o CAFIB optou por começar seu trabalho do zero, iniciando seu próprio Livro de Registro devidamente autorizado pelo Ministério da Agricultura e não reconhecendo como digno de Fé nenhum pedigree de FB emitido pelo trio BKC-CBKC-FCI. Para isto contamos com FBs de ótima tipicidade, cabendo lembrar entre outros Bilú das Missões; Astúrias do Parque do Castelo; Acauâ do Araguaya; Aladim da Fazenda Poço Vermelho; Saturno de Jawa; Umbu da Fazenda Carolina; Magia e Queimada da Fazenda Carolina ; Leão, Timbó e Leãozinho, Hércules; Leãozinho do Engenho Velho, Embaré do Parque do Castelo, Andra de Jawa; Fabula, Fada e Oscar do Ibituruna; Jundiaquara do Parque do Castelo, Cigana e Brisa da Serra Dourada, Nagan do Amparo, assim como muitos FBs dos canis  Hisama e Engenho Velho, Tangará Açu. Muitos destes ganharam a cobiçada Medalha de Ouro do CAFIB, premiação tão difícil de ser conquistada !!!

Tanto que a primeira Medalhe de Outro, qualificação Ótima, só veio a ser conquistada nas Expos do CAFIB em Salvador em 4/07/81 por Bilú das Missões em julgamento realizado pelo Dr. Paulo Santos Cruz, conforme publicado no jornal O FILA do CAFIB, editado pelo nosso fundador e jornalista Luiz Antonio Maciel. Astúrias do Parque do Castelo, criação de Airton Campbell,  ganhou a segunda Medalha de Ouro na 1 ª Expo de Santos, SP, realizada no dia 15/05/83, em julgamento do Doutor Jose Gonçalves Franco Jr, nosso querido Franquinho.

Assim como Cigana e Brisa da Serra Dourada, Embaré do Parque do Castelo e Cauana do Amparo. Cerca de 15 Filas-CAFIB ao longo dos últimos 41 anos foram merecedores de receber nossa exclusiva Medalha de Ouro, enquanto “neo-inventores e fabricantes de novas teorias” acham que dão um pulo numa fazenda ali na esquina e descobrem vários excepcionais padreadores e até “cães aborígenes e autócnes”…(!?!?!?!). Vixe Maria, desconjuro tô fora !!!.  Infelizmente de julho de 1.983 até 2.013  não temos material para consulta, visto que estes e outros patrimônios e ativos do CAFIB foram furtados conforme comentado no item 3 mais abaixo.

B – Agora vejam abaixo  algumas fotos de cachorros Reprovados nos primeiros anos de AFTs do CAFIB, baseado em artigo que redigi em 9/05/16 (vide em https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2016/05/09/post-n-362-perguntem-ao-tio-chico-no-131-o-inicio-da-formacao-do-plantel-cafib-quase-40-anos-atras-demonstrado-via-fotos-das-primeiras-afts-o-trabalho-unico-de-recuperacao-e-apr/ ), ou seja quase três anos antes do lançamento de uma nova tese de um novo modelo de um novo tipo de cachorro que ao meu ver nada tem de “original”. Pois é já na saída “fake” de origem (Península Ibérica !!!) e, principalmente, teve seu fenótipo reprovado pelos juízes do CAFIB e pelo próprio Dr. Paulo, que afirmam incongruentemente seguir…

F-B-1
F-B-2

 C – Assim, pergunto: com que novo tipo e novo modelo de cachorro voces acham que estes cães reprovados pelos juízes do CAFIB e pelo próprio Dr. Paulo das fotos acima se parecem ? Com “fila-mestiço”, “fila-aberração” ou com o novato OFB ? Seria então o novo tipo des-original-reprovado pelo Pai da Raça Fila, Dr. Paulo Santos Cruz, que seu mentor incongruentemente alega seguir ?

F-C

 

FOTOS DO ACERVO DO CAFIB QUE SE ENCONTRAM PUBLICAMENTE POSTADA NO SITE E FACEBOOK DO 

Vejam agora centenas de fotos de Filas CAFIB transparentemente Aprovados com a qualificação Regular, Bom, Muito Bom e Ótimo em nossas 300 AFTs. Observem e entendam o que é seleção, controle e aprimoramento sendo executado honestamente há 41 anos. Observe também que no trabalho do CAFIB nada é feito às escondidas com cachorros sem nomes encontrados NAS fazendas desconhecidas, sem nome, proprietário e localização… E até a invenção do tal “fila-aborígene”… !!! O trabalho do CAFIB é público e transparente, realizado e compartilhado abertamente em nossas AFTs e Expos nas pistas abertas ao público para qualquer pessoa interessada possa ver, analisar e participar !!! E mais: nosso trabalho de análise é oficializado na famosa e respeitada Sumula CAFIB !!!

Voces podem acessar e navegar por centenas de fotos de cães Aprovados nas AFTs do CAFIB ou participando de Expos clicando no Facebook do CAFIB em https://www.facebook.com/pg/cafib/photos/?ref=page_internal ou no seu site em http://www.cafibbrasil.com/exposicoes.html  .

Mas pelo amor de Deus, antes de avaliar as FOTOS abaixo, não seja chato, e se lembre que estas fotos são de FBs do CAFIB, no qual existe segundo Art. 11 do Regulamento de Expos. quatro Qualificações: Regular, Bom, Muito Bom e Ótimo. E também que no CAFIB, conforme Art.  5º do mesmo Regulamento, os cães serão julgados separadamente por sexo e nas seguintes classes: Filhotes, Novos, Jovens e Adultos. Ou seja, o que estou ressaltando é que não foram selecionadas abaixo fotos de exemplares maravilhosos, sem defeito, perfeitos, etc… mas sim cães a partir da Qualificação Regular e com idade entre Jovens e Adultos.  Pois, como todos que conhecem bem o FB sabem, ou deveriam saber, assim como em inúmeras raças, os cães Novos e Jovens são mais leves e adquirem mais massa com mais idade. Após dois anos, já Adultos, estão finalmente formados.  Ou seja, estou demonstrado por meio das fotos abaixo apenas um pouco o trabalho real, prático, TRANSPARENTE e PÚBLICO do CAFIB,  principalmente para os analfabetos funcionais que tem preguiça de ler e estudar. E mais: que no CAFIB NADA ÉFEITO ÀS ESCONDIDAS NUMA FAZENDA QUE NINGUEM SABE ONDE FICA, COM CÃES SEM NOME E PROPRIETÁRIO  DESCONHECIDO. Tudo está devidamente documentado. Deu para entender ou quer que desenhe ?

Observo que como já amplamente divulgado, boa parte do patrimônio do CAFIB, entre eles, fotos, foi furtado por fundadores de outro clube, conforme Comunicado CAFIB postados em http://www.cafibbrasil.com/leitor_not/items/comunicado-do-cafib-aos-proprietarios-e-criadores-de-fila-brasileiro-no-brasil-e-no-mundo.html e em http://www.cafibbrasil.com/leitor_not/items/expulsao-ou-auto-desligamento-de-ex-diretores-do-cafib.html  assim muitas não mais se encontram nos arquivos de nossa Secretaria. Pequeno exemplo: o querido fotografo Jardim, que acompanhou os 15 primeiros anos do CAFIB, tirou e nos cedeu ao redor de 3.000 fotos. Sumiram !!!

Adiciono ainda que contatei a excelente Secretária Geral do CAFIB, Mariana Campbell que me informou que de 2014 a 2018 realizamos 540 Análises de Fenótipo e Temperamento (AFT) e das nossas Expos participaram sendo julgados em pista 1.381 Filas do CAFIB. Por favor, comparem estes dados com os do Fila e “fila” CBKC-FCI, onde sequer existe AFT ou Apto para a Reprodução (APR) onde, logo, qualquer cachorro de grande porte e cabeçudo pode ser considerado FB…

Sendo assim, seguem abaixo fotos copiadas do acervo do CAFIB, já que como

todos sabem, HOMOGENEIDADE E RAÇA é sinônimo de CAFIB  !!!

2014:

97ª Expo. de Porto Ferreira – 30/11/14

F.1 –  Galã do Embaré, Pedro Borotti

F.2 – Cuba Fila Roots, Thiago Rodrigues

F.3 – Radar do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.4.- Pantera do Itanhandu, Gerson Junqueira

2014 - 1 - PFerreira

14ª Expo. de Quatis – 24/08/14

F.5 – Rara da Chácara 3 Irmãos, Felipe Medeiros

F.6 – Milano do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.7 – Eros do Portal dos 4 Irmãos, Ulisses Diniz

F.8 – Xamã do Aiuruoca, Roger Frias

2014 - 2 - Quatis

96ª Expo. de Itanhandu – 27/04/14

F.9 – Tirano do Alto Quatis, Half Marassi

F.10 – Milano do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.11 – Ira de Jawa, Fabiano Nunes

F.12 – Veron do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.13 – Vulcão do Itanhandu, Gerson Junqueira

2014 - 3 - Itanhandu

2015:

100ª Expo. de Guaratinguetá – 29/11/15

F.14 – Marabá III da Santa Luzia, Newton Filizola

F.15 – Marabá III da Santa Luzia, Newton Filizola, detalhe cabeça

F.16 – Alcapone do Boca Negra, Gerson Junqueira

F.17 –  Kratos do Itanhandu, Brenda Queiroz

F.18 –  Vênus do Aiuruoca, Roger Frias

F.19 – Salsa do Alufam, Cristiano Vieira

F.20 –  Jóia Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.21 – Antara Aldeia dos Tigres, Antônio Novaes

2015 - 1 - Guará

1ª Expo. de Três Corações – 23/08/15

F.22 – Baiúca do Balacobaco, Flávio Pires

F.23 – Haila Guardiões do Caracu, Marcus Vilasboas Moreira

F.24 – Galã do Embaré, Pedro Borotti

F.25 – Uísque do Itanhandu, Cristiano Vieira

2015 - 2 - T. Corações

99ª Expo. de Porto Ferreira – 28/06/15

F.26 – Dara da Terra do Thar, Pedro Borotti

F.27 – Sereia dos Palmares, Flávio Pires

F.28 – Vênus do Aiuruoca – Roger Frias

F.29 – Cipó do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.30 – Leão RT do Guardião Supremo, Antônio Novaes

2015 - 3 - PFerreira

98ª Expo. de Itanhandu – 12/04/15

F.31 – Radar do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.33 – Rara Chácara Três Irmãos, Felipe Medeiros

F.34 – Baruk do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.35 – Zeus do Itanhandu, Gerson Junqueira

2015 - 4 - Itanhandu

 2016:

103ª Expo. de Guaratinguetá – 4/12/16

F.36 – Marabá III da Santa Luzia, Newton Filizola,

F.37 – Kratos do Itanhandu, Brenda Queiróz

F.38 – Elba II de Jawa, Fabiano Nunes

F.39 – Conde Itaipu Aldeia dos Tigres, Newton Filizola

F.40 – Sultão Recanto do Livramento, Felício Unello

F.41 – Uno Guardiães do Caracu – MB – B, de Cristiano Gonçalves Vieira

F.42 – Kratos do Itanhandu, Brenda Queiróz

2016 - 1 - Guará

103ª Expo. de Jacareí – 16/10/16

F.43 – Astor do Instinto Atravessado, Cristiano Vieira

F.44 – Jóia do Aiuruoca – B – R, de Felício Branco Unello, Biritiba Mirim/SP

F.45 – Turquesa Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.46 – Enzo de Jawa, Sandro Gonçalves

2016 - 2 - acarei

101ª Expo. de Itanhandu – 10/04/16

F.47 – Unifila Livramento Agatha, Leonardo Monteiro

F.48 – Pacari do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.49 – Obama do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.50 – Pacari do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.51 – Amora Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro

2016 - 3 - Itanhandu

2017:

106ª Expo. de Guaratinguetá, SP – 3/12/17

F.52 – Aragon do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.53 – Zezé Piedras de Afilar, Daniel Balsas

F.54 – Kratos do Itanhandu, Brenda Queiróz

F.55 – Jóia Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.56 – Sultão Recanto do Livramento, Felício Unello,

F.57 – Elba II de Jawa, Fabiano Nunes

F.58 – JB do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.59 – Hindu do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.60 – Ucha II do Itanhandu, Luiz Gustavo Langotti,

F.61 – Olívia Guardiães do Caracu, Wilson Vilela,

F.62 – Rolex IV Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.63 – Iana do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.64 – Himalaia do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.65 – Condá do Aiuruoca, Roger Frias

2017 - 1 - Guará

1ª Expo. de Uruguai – 25/11/17

F.66 – Faraon do Borghetto, Mariano Arbiza,

F.67 – Arandu Litoral Ñaró, Zenon Cousillas

F.68 – Zezé Piedras de Afilar, Daniel Balsas,

F.69 – Pipo Piedras de Afilar, Mateo Reiri

F.70 – Faraon do Borghetto, Mariano Arbiza

F.71 – Tabonita Piedras de Afilar, Daniel Balsas

2017 - 2 - Uruguai

105ª Expo. de Porto Ferreira, SP – 29/10/17

F.72 – Unifila Livramento Agatha, Leonardo Monteiro,

F.73 – Aragon do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.74 – Jóia Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.75 – Baiuca do Balacobaco, Flávio Pires

F.76 – Uísque do Itanhandu, Cristiano Vieira

F.77 – Dasha Guardiães do Caracu, Marcus Vilasboas

F.78 – Olívia Guardiães do Caracu, Marcus Vilasboas

F.79 – Moleca Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro,

F.80 – Caju do Instinto Atravessado, Cristiano Vieira,

2017 - 3 - PFerreira

 3ª Expo. Três Corações, MG – 27/08/17

F.81 – Baiuca do Balacobaco, Flávio Pires

F.82 – Quizar Recanto do Livramento, Wilson Vilela,

F.83 – Flecha do Pyra, Pedro Yuri Ramos Avellar

F.84 – Boy do Aiuruoca, Wolney Almeida Santos,

F.85 – Vida Guardiães do Caracu, Marcus Vilasboas

F.86 – Sula IV Guardiães do Caracu – MB, de Marcus Flávio Vilasboas

2017 - 4 - T. Corações

4ª Expo. Jacareí, SP – 18/06/17

F.87 – Tigre II do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.88 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.89 – Sultão Recanto do Livramento, Felício Unello

F.90 – Ira do Itanhandu, Flávio Pires

F.91 – Águia do Palmares, Gerson Junqueira

F.92 – Basco do Instinto Atravessado, Cristiano Vieira,

F.93 – Videira do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.94 – Vigor do Itanhandu, Gerson Junqueia

2017 - 5 - Jacarei

 104ª Expo. Itanhandu, MG  – 2/04/17

F.95 – Quizar Recanto do Livramento, Wilson Vilela

F.96 – Olla do Itanhandu, Emanuella Junqueira,

F.97 – Sultão Recanto do Livramento Felício Unello,

F.98 – Turquesa Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira,

F.99 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.100 – Jangada do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.101 – Bela do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.102 – Jóia Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

2017 - 6 - Itanhandu

 2018:

108ª Expo. Guaratinguetá, SP  – 2/12/18

F.103 – Valente do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.104 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.105 – Gana Recanto Do Livramento, Leonardo Monteiro

F.106 – Quizar Recanto do Livramento, Wilson Vilela

F.107 – Greco Recanto Do Livramento, Leonardo Monteiro,

F.108 – Haila Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.109 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.110 – Fábula de Jawa, Fabiano Nunes

F.111 – Videira do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.112 – Rolex IV Guardiães do Caracu, Marcus Vilasboas

F.113 – Valente do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.114 – Zuma IV Guardiães do Caracu, Flávio Vilasboas

F.115 – Madona do Recanto do Sossego, José Luiz Calderaro

F.116 – Tupã II do Itanhandu, Gerson Junqueira

2018 - 1 - Guará

2ª Expo. Uruguai  – 3/11/18

F.117 – Neon Piedras de Afilar, Daniel Balsas,

F.118 – Gorda do Borghetto, Carlos Eduardo Gonçalves

F.119 – Ogum do Borghetto, Daniel Balsas

F.120 – Nega Piedras de Afilar, Carlos Eduardo Gonçalves

F.121 – Pluto Piedras de Afilar, Daniel Pérez

F.122 – Laio do Borghetto, Carlos Eduardo Gonçalves2018 - 2 - Uruguai

 1ª Expo. Para de Minas, MG  – 21/10/18

F.123 – Quimera V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.124 – Anita Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro

F.125 – Buana Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro

F.126 – Foluke Leões de Sant’anna, Wilson Vilela

F.127 – Urion do Itanhandu, Marcos Borges de Melo

F.128 – Índio V Guardiães do Caracu, Wesley de Souza

F.129 – Miriam V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.131 – Maverick V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

2018 - 3 - Para de Minas

 4ª Expo. Três Corações, MG  – 19/08/18

F.132 – Luana Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro

F.133 – Bel V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.134 – Videira do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.135 – Fábula de Jawa, Fabiano Nunes

F.136 – Quira IV Guardiães do Caracu, Wilson Vilela,

F.137 – Coronel do Chapéu Preto, Felício Unello

F.138 – Rudá Recanto do Livramento, Roger Frias

F.139 – Bel V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.140 – Buana Recanto do Livramento, Leonardo Monteiro

F.141 – Dora do Chapéu Preto, Felício Unello

2018 - 4 - T. Corações

 1ª Expo. Teresina, PI  – 16/06/18

F.142 – Sagu do Itanhandu,  Aluisio Mello

F.143 – Sereia do Itanhandu, Leo Lima

F.144 – Pacari do Itanhandu, Aluisio Mello

F.145 – Valsa do Itanhandu, Leo Lima

2018 - 5 - Terezina

 5ª Expo. Jacareí, SP  – 20/05/18

F.146 – Aragun do Palmares, de Leonardo Monteiro

F.147 – Fábula de Jawa, Fabiano Nunes

F.148 – Videira do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.149 – Caju do Instinto Atravessado, Cristiano Vieira

2018 - 6 - Jacarei

 107ª Expo. Itanhandu, MG  – 8/04/18

F.150 – Kratos do Itanhandu, Brenda Queiróz

F.151 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.152 – Turquesa Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.153 – Marabá III da Santa Luzia, Newton Filizola,

F.154 – Jóia Guardiães do Caracu, Cristiano Vieira

F.155 – Bela do Itanhandu, Gerson Ribeiro Junqueira

F.156 – Sevilha do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.157 – Ghalib do Itanhandu, Flávio Pires

F.158 – Hindu do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.159 – Videira do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.160 – Natcha Piedras de Afilar, Gerson Junqueira

F.161 – Fábula de Jawa, Fabiano Nunes,

F.162 – Caju do Instinto Atravessado, Cristiano Vieira,

F.163 – Zayn do Itanhandu, Gerson Junqueira

F.164 – Rolex IV Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.165 – Bel V Guardiães do Caracu, Wilson Vilela

F.166 – Júpiter do Itanhandu, Gerson Ribeiro Junqueira

2018 - 7 - 1 - Itanhandu2018 - 7 - 2 - Itanhandu

 

AGRADECIMENTO:

Foto Homenagem em português

                         

                        Sendo assim, enfatizo que o CAFIB no seu início, a partir da utilização de muitos FBs de tipicidade e qualidade Regular e Bom, mas que eram Filas Puros, com conhecimento técnico e histórico dos fundadores do CAFIB liderados pelo Dr. Paulo, soube acasala-los com FBs que já existiam de qualidade Muito Bom e Ótimo e, assim, o CAFIB foi aprimorando com o passar dos anos seu plantel, tendo sempre suas ninhadas devidamente verificadas e, se aprovadas, registradas no Livro de Registro do CAFIB, devidamente autorizado pelo Ministério da Agricultura,  sempre elevando o nível do fenótipo, do temperamento e do sistema nervoso deste plantel. E isto, meus amigos, se chama resgatar, selecionar, controlar e aprimorar… Coisa que os inventores de novas e esdrúxulas teses de novos modelos de cães acham que fabricam com rápidos cruzamentos de cachorros sem origem definida. E conseguem, ninguém sabe como, rápidos resultados maravilhosos já nas primeiras ninhadas !!!

Finalizando, sugiro para meus leitores de dizem que amam o FB e não tem preguiça de ler e estudar, que naveguem pelo meu artigo chamado “Teste de Estresse do Fila” datado de Agosto/09, muito antes desta última invenção de novo modelo de carro, digo, de cachorro. Este artigo possui 126 fotos comparando Filas Puros com “filas mestiços”, bastando para tanto  clicar em http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/fila-brasileiro/index.html. A grande diferença é que neste artigo que divulgo hoje, somente postei fotos de Fila Puros, enquanto neste antigo artigo faço uma comparação de 126 fotos de Filas Puros x “filas mestiços” e “filas-atípicos”.  E, pelo amor de Deus, vamos parar de brincar de reinventar a criminosa mestiçagem !!! Afinal, como dizia Nelson Rodrigues: “A verdade é ululante”.

AFINAL, O QUE VOCE PREFERE ?

PORTANTO, NÃO EMBARQUE NUMA AVENTURA SEM ORIGEM, SEM HISTÓRIA E SEM FUTURO !!!

O FILA PURO NÃO MERECE !!!

PREFIRA O ORIGINAL, O TRADICIONAL E O AUTÊNTICO FILA BRASILEIRO !!! 

Abraços, Chico Peltier.

Anúncios