Post 617 – Tio Chico Informa nº 234 – Jonas Iacovantuono, diretor e juiz do CAFIB há 32 anos, comenta as incongruências na concepção da nova tese do novo OFB – Data: 3/02/19

Tio  Chico Informa nº 234

Jonas Iacovantuono, diretor e juiz do CAFIB há 32 anos, comenta as incongruências na concepção da nova tese do novo OFB

1 - Cartaz Ingles sobre FP

 Amigos e amigas do CAFIB e do Fila Brasileiro (FB),

Recebi do nosso querido amigo Jonas Iacovantuono, diretor e juiz do CAFIB há 32 anos um email comentando as incongruências na concepção da nova tese do novo OFB, o qual segue abaixo na íntegra para conhecimento de todos, inclusive do mentor do OFB:

De: Jonas Tadeu Iacovantuono <jtiacovantuono@xxx.com.br>
Enviada em: quinta-feira, 31 de janeiro de 2019 11:04
Para: fbcp2009@uol.com.br
Assunto: A grande confusão e incongruência sobre a mais nova tese de um novo tipo canino denominado OFB 

Caro Chico,

Estou agora dedicando parte de meu tempo para entender as manifestações sobre o Fila Brasileiro que estão permeando redes sociais. Levarei tempo. Hoje me permito alguns comentários sucintos.

OFB – nova teoria manifestada já há algum tempo que está ganhando corpo elaborada por uma pessoa.

Pois bem, o PADRÃO DO FILA BRASILEIRO CAFIB, divulgado por seus autores há mais de 40 anos, surgiu baseado em observações in loco em regiões do país com predominância de localidades rurais do sudeste.

Esse padrão é bem posterior ao primeiro elaborado pelo Dr. Paulo Santos Cruz, a pedido do KCP em 1951, e ratifica muitas de suas observações, mas não todas. Isso porque munido de um maior conjunto de informações e com mais pessoas participando, alcança grau de excelência em suas descrições.

Estabelecido o contexto espaço, tempo e indivíduos analisados, sejam, áreas rurais, mais de 3 décadas e centenas de exemplares, a descrição (e não construção) do padrão é fiel aos traços homogêneos que caracterizam uma raça, que foram observados nesses inúmeros exemplares.

A partir daí, através da ação preservacionista do CAFIB, a raça Fila Brasileiro continua uma raça pura. Essa ação existe para que “experimentos” não alterem os traços originais encontrados no processo de descoberta e identificação racial realizado.

Caracterizou uma reação ao processo de mestiçagem que foi instalado nas décadas de 70/80 iniciado por várias motivações: financeira, adequação aos olhos do criador, complexo de “deus”, etc, etc, etc.

É lógico e natural que os criadores/proprietários são a mais importante peça na engrenagem da preservação. O CAFIB foi criado através de um conjunto deles que até hoje difunde a mesma Filosofia de Criação de quando iniciou.

Nesse tempo milhares de pessoas já compartilharam e compartilham sua concretização. CAFIB como entidade foi a primeira a assim agir, sendo hoje acompanhada por outras, exclusivamente no exterior.

O universo Fila Brasileiro/CAFIB, uno e integro desde 1978, é fruto de 30/40 anos de observações. Ao ver por exemplo fotos do Fila Típico chamado Lord, criação de José Gomes no Sul de Minas Gerais dos anos 70/80 e dos cães CAFIB atuais pode-se emitir atestado de sucesso ao trabalho de preservação.

Mas, ainda que se venha a emitir outras análises a partir de agora, nesse contexto considero:

1. Fila Brasileiro é raça, uma raça;

2. O que são fila-aborígene, fila-original, fila-padrão, etc…? Outras raças? Tais como o “fila preto, o mastim brasileiro (*), o fila regional, o fila-aberração”, etc…”…?

(*) Como proposto pelo Tio Chico para resolver o problema a mestiçagem e a existência de “filas-mestiços” na Raça Fila Brasileiro – vide em http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/novos/pergunte_chico_3/materia.html 

3. O padrão racial descreve as características, morfológicas, psíquicas, dinâmicas, fenotípicas.

4. Esses caracteres são mantidos pela interferência direta do ser humano, seja enquanto indivíduo que cria ou agregado a manifestação de uma Filosofia de Criação.

5. Na atualidade, assim como no passado, exemplares soltos, livres em acasalamentos e cruzamentos sem controle, com certeza levariam a miscigenação e deterioramento rácico, conforme exemplarmente argumentado pelo Sr. Joaquim Liberato Barroso (Quinzinho do Canil Boa Sorte).

6. Meu estranhamento maior, no entanto, é observar que algumas teses incluindo a do OFB, buscam fundamentalmente adequar um novo padrão e tipo aos exemplares criados pelo seu autor. Uma tentativa de “reinvenção da roda”. Seria complexo de ser “deus” ? A mera busca de fama? Já que o esforço intelectual não deve ser dirigido a desconstrução de um clube e de sua filosofia e métodos, mas sim estudar, observar não alguns indivíduos, mas o plantel em sua maioria que está nos quintais, nas pistas e fazendas. Meia dúzia de fotos não embasam nada. É indiscutível a homogeneidade do Fila CAFIB, por 40 anos. É um bom dado estatístico para comprovações de traços.

7.Fundamental lembrar: homogeneidade não é perfeita igualdade. Os Filas apresentam exemplares uns melhores que outros como em qualquer raça.

Caro Chico, continuarei tomando ciência dos escritos e tentarei colocar meus pitacos. Calorosos abraços diretos do frio sueco.

Jonas Iacovantuono.

Amigos, à excelente analise acima adiciono os dados e fotos abaixo. Especialmente para aqueles que gostam de modismos superficiais e novidades relapsas sem nenhuma base histórica e, muito menos, a comprovação prática, que muito se assemelham as teses inventadas no passado por João Batista Gomes e Procópio do Valle.

1. Fila Típico do Sul de Minas no final de 1970 e no início de 1980:

1-zegomes

2-zegomes

2. Fila Típico: foto de exemplares do mentor do OFB tiradas muitos anos atrás. Conclusão: semelhante ao Fila CAFIB: 

3-filastipicostoninho

3. Fila CAFIB: 41 anos reservando o Fila PURO, com fenótipo semelhante aos encontrados pelos fundadores do CAFIB 41 anos atrás no Sul de Minas Gerais:

4 - Dois Filas CAFIB5 - Cabeças CAFIB

4. Fotos de seis cachorros do novo tipo canino denominado OFB e que foram apresentadas em recentes trabalhos postados em Facebook pelo seu mentor.

Este novo tipo de cão, pretende ser Fila Brasileiro, mas é esguio, leve e com cabeça triangular !!!

4-vc3a1riosofb

 5. OFB – sonho de retrocesso: pois seu fenótipo se assemelha aos cachorros com cabeça triangular e corpos leves reprovados nas primeiras AFT do CAFIB:

5-vc3a1risreprovadosemaft

Importante literatura recomentada com comentários sobre o novo tipo de cachorro chamado de OFB:

Vide as 10 perguntas até agora não respondidas pelo mentor do OFB que mencionei no início deste artigo  e muito mais informações sobre este assunto em:

– Perguntem ao Tio Chico nº 184: https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/04/post-602-perguntem-ao-tio-chico-no-184-tio-chico-contra-argumenta-com-educacao-respeito-conhecimento-e-base-historica-a-apresentacao-da-nova-tese-sobre-um-novo-tipo-canino-denominado-ofb-a-qu/

Tio Chico Informa nº 228: https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/10/post-604-tio-chico-informa-no-228-tio-chico-acrescenta-rapidos-e-importantes-comentarios-ao-seu-ultimo-artigo-sobre-o-ofb-duvidas-e-questoes-que-levantei-sobre-a-nova-tese-do-novo-tipo-canino/

Tio Chico Informa nº 230:  https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/17/post-607-tio-chico-informa-no-230-o-uso-indevido-da-foto-do-fila-mastodonte-orixa-que-nunca-foi-parnapuan-sobre-fotos-fake-de-filas-que-jamais-foram-de-o/

– Tio Chico Informa nº 231:

https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/21/post-610-tio-chico-informa-no-231-insuficiente-tentativa-de-justificacao-sobre-os-inumeros-argumentos-apontados-pelo-tio-chico-a-respeito-e-contra-o-ofb-ainda-aguardando-respostas-e-comentarios/

– Tio Chico Informa nº 232 https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/25/post-611-tio-chico-informa-no-232-os-fileiros-continuam-aguardando-respostas-do-mentor-e-do-simpatizante-do-ofb-as-10-simples-perguntas-formuladas-pelo-tio-chico-joaquim-liberato-barroso-quinz/  

– Perguntem ao Tio Chico nº 185 https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/28/post-613-perguntem-ao-tio-chico-no-185-a-falta-de-respostas-do-mentor-do-ofb-mais-uma-nova-tese-marqueteira-por-favor-nao-se-esconda-atras-do-dr-paulo-data-28-01-19/ 

– Tio Chico Informa nº 233 https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/31/post-615-tio-chico-informa-no-233-o-ofb-e-um-cachorro-esguio-leve-e-com-cabeca-triangular-a-grande-confusao-e-incongruencia-sobre-a-mais-nova-tese-de-um-novo-tipo-canino-denominado-ofb/

Finalizando: Tio Chico continua aguardando que o mentor do OFB responda às suas 10 perguntas há tempos formuladas, assim como responda aos comentários anti-OFB efetuados por Joaquim Liberato Barroso (Quinzinho), ex-presidente e ex-juiz da Anfibra, efetuados por Cristiano Gherardi e agora por Jonas Iacovantuono.

Abraços, Chico Peltier.

Anúncios