Post 607 – Tio Chico Informa nº 230 – O uso indevido da foto do “fila-mastodonte” Orixá, que nunca foi Parnapuan… – Sobre fotos-fake de “filas” que jamais foram de origem Parnapuan, mas são usados até hoje por interessados em justificar suas novas teses de novos tipos caninos… Data: 18/01/19

Tio Chico Informa nº 230

O uso indevido da foto do “fila-mastodonte” Orixá, que nunca foi Parnapuan… 

Sobre fotos-fake de “filas” que jamais foram de origem Parnapuan, mas são usados até hoje por interessados em justificar suas novas teses de novos tipos caninos…

Amigos e amigas do CAFIB e do Fila Brasileiro (FB),

1. Recebi as fotos abaixo como sendo de FBs da lendária criação do Canil Parnapuan, criação do meu querido e saudoso amigo Dr. Paulo Santos Cruz:

1 - a - 16 - parna segundo ofb

Informo que desconheço totalmente a origem dos cães destas fotos. Duvido muito que quem as usa comprove de fato o canil de origem destes cães. Na minha longa e intensa convivência de 14 anos com o Dr. Paulo ele me mostrou pouquíssimas fotos de seus cães, lembrando aos meus leitores que há mais de 50 anos, fotografar não era um costume tão fácil como hoje é na era digital.

2. As únicas doze fotos que reconheço como sendo de fato de Filas-Parnapuans encontram-se no livro  

http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/3-Documentos-ate-1974/3_3/materia.html .

Estas 12 fotos são de fato de Filas-Parnapuans pelo simples fato de que o Dr. Paulo as selecionou e enviou para Luiz Hermanny publicar em seu livro que contém quatro capítulos sobre o FB escritos pelo próprio Dr. Paulo.

Conclusão: fotos escolhias e selecionadas por João Batista Gomes, Procópio do Valle, Jacob Blumen e Clélia Kruel, além de mestiçadores, comerciantes de cães e o inventor do OFB, informando que determinada foto é de um cão proveniente da criação do Canil Parnapuan e são usadas para justificar e validar fenótipos diversos, mestiçagem, comércio de cães e mais um novo tipo canino como o OFB, absolutamente nada devem significar para o fileiros cultos e inteligentes que realmente conhecem a Verdadeira História do FB… Basta não ter “cegueira de canil ou de criação” e ego inflado !!!

No mais, todo conhecimento em FB do Dr. Paulo foi totalmente consolidado no Padrão, Regulamentos, artigos no jornal O Fila e, na prática e com total sucesso, no

Fila-CAFIB, com a inestimável contribuição dos fundadores e primeiros criadores do CAFIB. Logo, não adianta os inovadores amealharem fotos de “fila-mestiços” ou até mesmo de Filas de tipicidade apenas Regular para tentarem provar suas invencionices.

3.  Logo, é importante ressaltar que ao longo das últimas décadas, muitas foram as fotos de “filas-mestiços” e “fake-filas-fotos” que foram usadas para dar credibilidade a teses diversas que no fundo defendiam o “fila-mestiço”, principalmente dos tipos “fila-mastiff”, o “fila-preto” e mais recentemente o “fila-chihuahua-gigante”.

4. Certamente o maior exemplo de “fake-fila-foto” é o abaixo, onde este “fila-mastodonte”, precursor do “fila-aberração”, ganhou artigo escrito por Jacob Blumen na revista Animais & Veterinária nº 11, datada de 1976, antes da criação do CAFIB, como sendo a foto do FB denominado Orixá de Parnapuan, cujo autor induzia que fosse, mas jamais foi, de criação do Dr. Paulo.

Ou seja, os primeiros mestiçadores do FB com Mastiff Inglês tentaram vender e incutir na mente dos novos criadores de FB daquela época, quando infelizmente o FB virou moda no Brasil e no exterior, principalmente nos USA (*), de que no legendário e tradicional Canil Parnapuan nascia “filas-mastodontes”, com as características do cachorro abaixo, semelhantes às do “fila-mastiffpois era neste fenótipo absurdo (**), que desejavam transformar o nosso querido, tradicional e ORIGINAL Fila Brasileiro de sempre.

(*) onde quatro clubes chegaram a ser criados (FBCA-1, FBCA-2, FBA, AFB) e para onde foram exportados toneladas de “filas-mestiço”,

(**) este  fila-mastodonte” abaixo de ontem, nada mais é do que o precursor do “fila-aberração” de hoje !!! 1 - a - 17 - foto fake orixá

Leiam atentamente o texto desta foto e constatem: “Orixá de Parnapuan, o gigante brasileiro, verdadeiro protótipo da raça Fila com 110 quilos de peso corporal”.

Meus amigos, como os 12 FBs realmente de origem Parnapuan das fotos publicadas no livro acima e datadas de antes de 1957, com metade deste peso e corpanzil, podem ter gerado este “fila-mastodonte” fotografado 20 anos depois e apresentado pelos adeptos da mestiçagem no FB como sendo um Fila-Parnapuan ? Claro que trata-se de cachorrão mestiço, ontem ou hoje, com pedigree de “fila” emitido por qualquer Cartório de Cães que agem comercialmente e desconhece completamente a Raça Fila Brasileiro ?

O cachorro desta foto trata-se de um animal obeso, terrivelmente apático e lerdo, proveniente da cruza de FB com Mastiff Inglês, como o da foto-real

http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/fotos/1843.jpg  e baseada na seguinte experiencia denunciada por mim em http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/9-Documentos-ate-1979/9-24.jpg e efetuada sem nenhum controle, a qual se utilizou-se inacreditavelmente na simples e patética falsificação de pedigree !!!

5. Por favor vejam no meu artigo

https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2016/05/09/post-n-362-perguntem-ao-tio-chico-no-131-o-inicio-da-formacao-do-plantel-cafib-quase-40-anos-atras-demonstrado-via-fotos-das-primeiras-afts-o-trabalho-unico-de-recuperacao-e-apr/ , datado de 9/05/2016, o início do trabalho de aprimoramento do CAFIB.  Nas fotos do item nº 2 voces verão os cães que foram aprovados em nossas AFTs.

Mas nas fotos do item nº 3, que segue abaixo, voces verão os cães que foram reprovados não só pelos fundadores do CAFIB, como também pelo  próprio Dr. Paulo presente em nossas Expos e AFTs:

Fotos de alguns cães reprovados em nossas primeiras AFTs:

1 - a - 18 a - cães reprovados aft

1 - a - 18 b - cães reprovados aft

Curiosamente os cães acima, reprovados no início do CAFIB, isto é, pelo próprio  Dr.  Paulo e pelos fundadores e primeiros  juízes do CAFIB, que concluíram o  Curso de Juízes  ministrado pelo próprio Dr. Paulo e foram aprovados no  Teste para Juiz  realizado pelo próprio Dr. Paulo, entre eles Airton Campbell, Américo Cardoso, Luiz Antonio Maciel, Marília e Roberto Maruyama,Luciano Gavião, Pedro Borotti, Jose Souto  Maior Borges e Antonio Silva Lima, lembram o novo tipo canino do OFB que mais se  assemelha em minha opinião,  com todo o meu maior respeito, a umfila-chihuahua-gigante”, idealizado  pelos defensores do OFB, cujas fotos seguem abaixo:

1 - a -15 - vários ofb

Logo, além de não ser ético usar “fake-fotos” de cães não Parnapuan, creio que também não seja ético usar o nome do Dr. Paulo pois ele reprovaria os OFBs acima.

6. Lembrando que:

6.1. Dr. Paulo santos Cruz reprovou o fenótipo do OFB desde o início do CAFIB;

6.2. Os cães da Península Ibérica possuíam todos cabeça triangular;

6.3. Não existe nenhuma prova de que estes cães ibéricos tenham de fato chegado ao Brasil;

6.4 Que todo o conhecimento do Dr. Paulo foi consolidado no CAFIB;

6.5. Que o FB não merece correr mais uma vez o risco de ser divido em outros fenótipos;

6.6. Que o FB já foi resgatado pelo CAFIB há 40 anos;

6.7. Que o idealizador do OFB levou 45 anos desde o início da mestiçagem ocorrida no FB e quase 10 anos depois do lançamento do seu Manifesto (vide em https://filabrasileirochicopeltierblog.wordpress.com/2019/01/10/post-604-tio-chico-informa-no-228-tio-chico-acrescenta-rapidos-e-importantes-comentarios-ao-seu-ultimo-artigo-sobre-o-ofb-duvidas-e-questoes-que-levantei-sobre-a-nova-tese-do-novo-tipo-canino/  ) para descobrir que o Fila Brasileiro não é Fila Brasileiro, mas sim OFB !!!??? e, finalmente,

6.8. Que projetos de realização pessoal e egocêntricos jamais podem estar acima do Cão de Fila Brasileiro.

7. Finalizando: continuo na expectativa de receber do idealizador do novo tipo canino intitulado OFB, que também adotou infelizmente o nome de “fila”, seus contra-argumentos de forma educada, respeitosa e, principalmente, com sólidos argumentos e provas, na defesa desta sua nova tese, como tenho feito neste meu quinto artigo discordando frontalmente desta nova experiência que acaba de se iniciar denominada OFB.

Da minha parte, continuarei sempre a defender o nosso querido, tradicional e ORIGINAL Fila Brasileiro PURO de sempre.

Mas infelizmente tem pessoas que não conseguem criar Filas Puros como os que são registrados há 40 anos no CAFIB e, então, passam a inventar novos causos, modas e teses sem nenhuma comprovação nem teórica nem prática…

Abraços, Chico Peltier.

Anúncios