Post nº 270 – Tio Chico Informa nº 97 – A Importância de Luiz Maciel para o CAFIB e para o Fila Puro – Enviado em 5/06/15

Tio Chico Informa nº 97

A Importância de Luiz Maciel para o CAFIB e para o Fila Puro.

Frase do ano: não adianta criar “SEM SELEÇÃO E SEM RESPONSABILIDADE” !!!

Amigos e amigas,

Tenho absoluta convicção de que o fundador do CAFIB menos conhecido do mundo fileiro é o nosso querido Luiz Antonio Maciel, a quem o CAFIB tanto deve.

Maciel é um jornalista extremamente respeitado no Brasil, tendo iniciado sua carreira profissional no Jornal do Brasil, na época um dos dois mais respeitados jornais do nosso país, no período de 1965 (alguns meses antes de se formar na Faculdade de Jornalismo Casper Libero) a 1974, onde foi repórter de Geral e Economia, pauteiro e finalmente chefe de Redação na Sucursal de São Paulo. Depois foi para o Jornal da Tarde e assumiu, sucessivamente, a função de redator de Internacional, subeditor e editor de Economia. Em 1986, foi convidado para ser editor especial da Revista Playboy, da Editora Abril, responsável pelas entrevistas do mês e por reportagens especiais, e em 1990 passou a ser um dos editores da revista Guia Rural, também da Abril, e posteriormente da revista Globo Rural, da Editora Globo. Nos anos seguintes, ainda foi redator das revistas especiais da Gazeta Mercantil e, posteriormente, subeditor de informática, telecomunicações e tecnologia também na Gazeta Mercantil. Maciel escreveu  inúmeros artigos contra a Ditadura do Regime Militar, principalmente o artigo intitulado “A Imprensa Torturada e Assassinada” que entre outros menciona Vladimir Herzog e mais 22 jornalistas que foram torturados e assassinados por este Regime.

E certamente este desconhecimento se deve ao seu caráter extremamente reservado, assim como ao fato de apesar de ser um dos primeiros juízes do CAFIB pouco jugou. Segundo o próprio Maciel: “Não me sinto bem desclassificando cães, mesmo que mestiços. Sinto muita pena do expositor”. Esta declaração por si só comprova que estamos diante de uma pessoa de enorme coração… Ainda bem que outros juízes do CAFIB, sem sentir nenhum prazer, cumprem sua obrigação de selecionar o nosso Verdadeiro Cão de Fila Brasileiro.

Mas esta “bondade” encontrada no Maciel esta muito distante dos primeiros anos do CAFIB, quando ele foi nosso primeiro Secretário e com grande empenho, dedicação, firmeza e inteligência deu um verdadeiro nó no então BKC presidido por Eugênico Pereira de Lucena.

Para conhecer este trabalho basicamente realizado pelo Maciel, basta visitar meu site e nele encontrarão alguns documentos do CAFIB endereçados ao BKC, CBKC e ao Ministério da Agricultura, redigidos e assinados pelo Maciel, tais como:

1. Em 20/05/78, foi enviada carta ao KCP-SP, idealizada pelo Maciel, assinada por 15 criadores de Fila, denunciando que o Melhor Fila da 145ª  Expo Geral (Nacional) do BKC possuía evidencia de mestiçagem com Mastiff Inglês e, assim, solicitava anulação do julgamento entre outras providencias (vide: http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/8-Documentos-de-1978/8-9.jpg  ) ;

2. Em 10/07/78 enviou carta ao BKC sobre o mesmo assunto acima (vide: http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/8-Documentos-de-1978/8-12.jpg  );

3. Criou, redigiu e publicou quase que sozinho o Jornal O FILA, cujos 42 números podem ser acessados pelos sócios do CAFIB via nosso novo site, clicando em http://www.cafibbrasil.com/ofila.html  ;

4. Em Novembro de 1979 no Jornal O FILA nº 12, publicou um listão de cães fora do Padrão do BKC (http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/9-Documentos-ate-1979/9_36/materia.html );

5. Em 17/07/79 enviou uma Carta Aberta denunciando “Violência Contra o Fila Puro” por parte do então BKC, (vide: http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/9-Documentos-ate-1979/9-5.jpg  );

6. Em 17/07/79 encaminhou ao então BKC ofício com 4 páginas contendo informações e denuncias sobre a mestiçagem, com confissões de Procópio do Vale sobre esta mesma mestiçagem e solicitando providencias do BKC num prazo máximo de até 20 dias, caso contrário o CAFIB  se desligaria do BKC-FCI. (vide:  http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/9-Documentos-ate-1979/9_6/materia.html );

7. Em 13/12/79 encaminhou ofício ao Ministério de Agricultura expondo a realidade da Raça Fila Brasileiro, solicitando providencias, pedindo o registro da Raça Fila (que até então não tinha sido incrivelmente feito pelo esquecido BKC) e ainda solicitando seu controle genealógico (vide:  http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/9-Documentos-ate-1979/9_29/materia.html  );

8.  Em 23/04/80 o Ministério da Agricultura respondeu, atendendo as solicitações do CAFIB, conforme Despacho do Ministro publicado no Diário Oficial  (vide: http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/13-CAFIB-X-MA/13-1.jpg  ). Conclusão cristalina e irrefutável: a preservação do padrão genético do Fila Brasileiro passou a ser de responsabilidade e função do CAFIB. Infelizmente ocorreu uma “virada de mesa” politica que pode ser conhecida ao se clicar em  http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/13.html ;

9. Em Junho de 1.980 no Jornal O FILA nº 19, em matéria de autoria de Maciel, o CAFIB divulgou todo o episódio havido sobre a Raça Fila no Ministério da Agricultura (vide: http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/13-CAFIB-X-MA/13_3/materia.html  );

Concluindo: o CAFIB, por meio de ofícios e artigos, basicamente redigidos e/ou assinados pelo nosso querido Maciel, sempre encaminhou suas denuncias oficialmente ao BKC-CBKC e ao Ministério da Agricultura. Infelizmente, do então BKC somente recebemos omissão, punições e a preocupação deste clube em aumentar seu faturamento à custa da Raça Fila Brasileiro.

Além disto, Maciel foi o principal formulador dos Estatutos e Regulamentos do CAFIB e fazia sempre parte das caravanas do CAFIB que no “CAFIB-móvel” (apelido dado a van do Airton Campbell), rodaram nosso Brasil de Nordeste ao Sul selecionando Filas Brasileiros e organizando nosso início de plantel.

Durante os primeiros anos do CAFIB eu trabalhava em Londres e praticamente só conversava por tele com Maciel e com o meu querido e saudoso Dr. Paulo Santos Cruz. De volta ao Brasil, comecei a conversar por tele frequentemente com Airton Campbell, Secretário que sucedeu ao Maciel. Naquela época, há quase 40 anos atrás, tudo era muito difícil e caro. Eu levava uma semana para colocar minhas cartas-denuncias no Correio, hoje levo algumas horas para disparar 1300 emails…

É muito bom olhar para trás e ver que a História do CAFIB, assim como os princípios que nortearam sua fundação, baseiam-se no ideal de resgatar o Fila Brasileiro da extinção e preserva-lo tal qual herdamos da Mãe Natureza. É muito bom olhar para trás e saber que o CAFIB é um clube limpo, que começamos do zero e construímos nosso Padrão, Regulamentos, Estatuto e, principalmente, nosso plantel, sem jamais termos furtado ativos e patrimônio de nenhum outro clube. Melhor ainda é realizar que nosso objetivo de perpetuar o Fila Puro foi cumprido, apesar dos dirigentes omissos e dos mal criadores e associados.

Frase do ano: não adianta criar “SEM SELEÇÃO E SEM RESPONSABILIDADE” !!!

Note: as I have always done with all emails sent in the past, this was also sent primarily to those responsible for FCI + CBKC.

        Nota: como sempre fiz com todos os emails que enviei no passado, este também foi encaminhado primeiramente para os responsáveis pela FCI + CBKC.

Forte abraço, Chico Peltier.

Anúncios