Post nº 32 – Tio Chico Informa nº 15 – Sobre o Temperamento do Fila – enviado em 20/08/12

Tio Chico Informa nº 15

Sobre o Temperamento do Fila 

Recebo muitos emails reclamando da falta de Temperamento característico da Raça Fila, que não é encontrado com freqüência no Fila-CBKC. Pedem que eu escreva artigos comentando esta deficiência que infelizmente aparece em muitos cães.

Ora, meus amigos, apesar de não ser juiz do CAFIB, acredito que vocês tem que ter em mente que o plantel de Fila-CBKC, apesar dos muitos Filas Típicos que possui, congrega também um enorme número de mestiços.

Então pergunto a voces: estes mestiços são provenientes do que?

Resposta: todos nós sabemos, apesar de alguns fingirem não saber, que são provenientes de cruzamentos e registros ilegais do Fila com Mastiff Inglês, Mastin Napolitano e Dinamarquês (Great Dane).

Então eu pergunto: estas três raças tem, como característica do seu temperamento, OJERIZA a estranhos?

Resposta: claro que não.

Então como muitos de vocês podem desejar que num passe de mágica e com este elevado grau de mestiçagem, que os filas-mestiços portadores de pedigrees de Fila tenham temperamento de verdadeiros Filas? É obvio que não vão ter obrigatoriamente.

Esta falta de Temperamento é, portanto, decorrente geneticamente da mestiçagem e daqueles que nela preferem permanecer e continuar criando.

Quando trabalhei em New York e Londres, visitei muitos canis de Mastiff Inglês, Mastin Napolitano e até de Mastin Tibetano. Fui as duas maiores exposições caninas do mundo que são Westminster (USA), organizada pelo AKC e a Crufts (GB), organizada pelo The Kennel. A FCI não tem nada sequer parecido. Nem de longe. Fui também à expo de Essen (AL). Em todas estas expo e em vários canis que visitei brinquei e acariciei vários cães destas raças. Eles são dóceis. O Dinamarquês (Great Dane) que se encontra com facilidade Brasil também possui um temperamento tranqüilo.

Logo, pelo amor de Deus, não queiram exigir de mestiços o TEMPERAMENTO característico de um Fila-Puro. Não existe mágica nem milagre. O Temperamento dócil é apenas uma das muitas seqüelas impregnadas na Raça Fila pela mestiçagem e pelos cartórios emissores e vendedores de pedigree. Apenas isto.

Sugiro que vocês aprendam a distinguir um Fila Puro de um mestiço lendo o excepcional artigo do Mestre de Criação do CAFIB, Dr. Paulo Santos Cruz, que foi publicado no nº 1 do jornal “O FILA”, editado pelo jornalista Luis Antonio Maciel, fundador e primeiro secretário do CAFIB:http://www.filabrasileirochicopeltier.com.br/8-Documentos-de-1978/8_30/materia.html.

Vejam abaixo nesta foto de 1.978 o Tio Chico brincando com um belo, enorme e dócil exemplar da Raça Mastiff Inglês no norte de Londres. Este é o temperamento destas raças.

Concluindo: é justamente por isto que tenho sugerido aos criadores sérios do Fila-CBKC que instaurem logo o APR (Apto para Julgar) que é o mais elementar sistema de seleção e controle. Não se esquecendo de antes preparar o APJ (Apto para Julgar) como alertou Jaime Perez representante do CAFIB na Espanha, para que juízes de fato com conhecimento possam separar do plantel de Filas-CBKC os cães mestiços e atípicos. O CAFIB se coloca mais uma vez a disposição de vocês para ajudar e colaborar

Abs, Tio Chico.

Anúncios